skip to Main Content
(44) 3029-5309 der@dernegocios.com.br (44) 99923-4544      

Seis itens para incluir no planejamento em 2018 e fazer sua empresa valer mais

Seis Itens Para Incluir No Planejamento Em 2018 E Fazer Sua Empresa Valer Mais

Final de ano é época de balanço e, principalmente, período de planejamento. O processo de avaliação econômico-financeiro de empresas, valuation, indica caminhos interessantes para estabelecer novas metas. Justamente com base em nossa experiência com valuation, citamos algumas das áreas que tem se mostrado as mais importantes para aumentar o valor de uma empresa. Confira!

1 – Faça uma avaliação realista sobre sua força no mercado

Ter uma marca forte é fundamental. Mas o empresário precisa considerar que o valor de uma empresa é medido pelos seus números atuais e pela projeção do futuro de seu crescimento. Logo, são necessárias estratégias que garantam sua força em médio e longo prazos. Conhecemos marcas fortes, num momento, superadas por concorrentes antes insignificantes. Eles conseguiram mais eficiência e menor custo na produção, melhoraram o processo de vendas e qualificaram a equipe.

 

2 – Realize um planejamento estratégico para o ano

A falta de planejamento estratégico é altamente prejudicial. O empresário precisa de informações concretas, lógicas e organizadas. Isso evita que tome decisões a partir de parâmetros equivocados. Diminui as chances de decidir apenas com base na intuição. E reduz o perigo de embarcar em cenário mental ilusório, construído por falta de dados e fatos.

3 – Contemple investimentos em sua equipe

Outro cenário que precisa de realismo é o das práticas de gestão. Conhecemos gerentes supereficientes em resultados financeiros que perdem vendedores de qualidade por falta de tato.

O relacionamento com os colaboradores requer estratégias básicas, como:

  • Criação de espaços para diálogo e troca de informações;
  • Ações de qualificação permanente;
  • Estratégias de formação de profissionais para posições-chave da empresa;
  • Uso de ferramentas administrativas básicas, como planos de cargos e salários.

4 – Analise sua situação contábil

Certifique-se de que o regime tributário adotado é o mais vantajoso. Isso evita pagar mais imposto do que deveria. Fale com seu contador para comparar os regimes e avaliar a melhor escolha.

Observe também se todos os impostos devidos têm sido pagos. Impostos em aberto podem ser problema caso precise vender sua empresa, por exemplo. Além, é claro, de evitar o risco de cair na “malha fina”.

5 – Planeje os investimentos com cuidado

Sem riscos não há crescimento, naturalmente. Fazer aporte de capital para financiar o negócio faz parte da rotina de muitos empresários. Só que a falta de capital de giro e o endividamento são causas comuns de problemas para as empresas. Quando as decisões nessa área são mais lúcidas e menos emocionais menor é o risco de que a possível solução financeira vire outro problema.

6 – E como esperamos que 2018 seja próspero…

…lembramos que até para crescer é preciso cautela. O crescimento impacta disponibilidade de capital de giro para fomentar e manter o aumento da produção. Impacta a gestão interna porque pode ser necessário aumentar a equipe. Pode requerer descentralização de atividades e decisões. Tudo isso precisa ser previsto e planejado para que seu crescimento seja saudável, sustentável e perene.

 

Você sabia que a avaliação de empresa (valuation) pode te ajudar a fazer o planejamento estratégico ?

Saiba porque no post Descubra porque saber o valor da empresa é só um dos benefícios da avaliação 

Entre em contato conosco e saiba mais sobre avaliação de empresas (valuation)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top